esta.JPG

Lucas Pedro (à esquerda) e José Gama (à direita) no largo do Amor

O julgamento mais mediático das duas últimas décadas em Angola, que envolve jovens autodenominados “revús”, acusados de actos preparatórios de actos de rebelião, continua a trazer muitos dados novos, alguns capazes de chocar todos aqueles que acreditavam na inocência dos jovens.

A imprensa presente no julgamento poderia até duvidar dos vídeos exibidos, mas quando se olhava para a face dos jovens era possível escrutinar feições de surpresa, como se tivessem sido encurralados, outros roíam as unhas das mãos, Luaty e Domingos da Cruz baixaram suas faces e Nito Alves por exemplo, mordia seus lábios. O silêncio entre os jovens foi notório. A defesa vendo para a veracidade dos vídeos tenta agora convencer o juíz de que a forma como ela foi obtida não obedeceu os procedimentos legais.

Mas uma questão que nos foi confirmada por uma fonte do SIC – Serviços de Investigação Criminal, afirmou que têm provas de que o CLUB-K seria um dos beneficiários dos 100 milhões de Dólares que Domingos da Cruz pretendia receber na Namíbia, aliás, como o próprio conta no vídeo que foi tornado público, mas tal não aconteceu por que foi preso na fronteira de Angola com a Namíbia. Porém, conta-se que o correspondente do CLUB-K em Luanda, Lucas Pedro e curiosamente também Porta-Voz da Fundação “27 de Maio” – não podemos confirmar se ainda mantém esse cargo – terá mantido contactos e sido autorizado pela direcção do Club-K nos EUA a auxiliar Domingos da Cruz.

Este site chegou por exemplo a financiar o livro de Domingos da Cruz “Ferramentas para destruir uma ditadura e evitar uma nova ditadura: filosofia política para libertação de Angola” para que fosse publicado livremente na Internet e fez questão de publicar esse feito em seu portal no dia 30 de Outubro do corrente ano.

Perguntado se o CLUB-K poderia ser encerrado, caso as provas se mostrassem conclusivas, a fonte disse não achar ser possível, pois “qualquer acusação seria contra as pessoas e não contra o site ou sua linha editorial”. Adiantou também que prevê que este site venha a lançar uma campanha à favor dos jovens para desinformar.

Sabemos que os Serviços de Inteligência Externa e os Serviços de Inteligência e Segurança do Estado, estão agora a “caçar” dados sobre os envolvidos externos em particular aqueles que doaram os 100 milhões de dólares, trama em que também se vê envolvido o Club-K. A fonte avançou ainda que “se Domingos da Cruz dissesse tudo no vídeo, teria facilitado nosso trabalho, mas temos muito boas provas, desde intercepção de e-mails e outras correspondências que colocam o Club-K nessa trama”.

De acordo com fonte o CLUB-K lideraria a contra-informação, a desinformação e a publicação oficial da lista do novo Governo de Salvação Nacional  e poderia evoluir para uma espécie de “Agência Oficial Online” desse mesmo Governo (uma espécie de Angop).

Vamos ver o desfecho desse caso, mas o que é certo é que parece que a tendência do CLUB-K em colocar-se ao lado dos jovens revolucionários já se começou a notar, apesar das fortes provas apresentadas em tribunal. Nem os jovens acusados, nem os advogados disseram que o vídeo foi manipulado, apenas o CLUB-K tenta descredibilizar o vídeo. Será que o nome deste site terá sido citado em algum momento e por isso tenta-se já forjar uma desculpa pública, digamos, um bode expiatório?

Fonte: DitosdoBaú

About Patriota

Patriota, que aborda a política angolana, com isenção, imparcialidade e rigor analítico.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s