Fonte: Angop

Matteo Renzi Primeiro-ministro de Itália

Matteo Renzi
Primeiro-ministro de Itália

O chefe do governo italiano referiu-se brevemente a Angola, na última quinta-feira, quando debatia, numa mesa redonda, com 24 jovens italianos e estrangeiros que vivem na Itália, temas ligados à imigração e à proliferação de movimentos anti-imigrantes e anti-europeus.

Matteo Renzi disse que “não devem ver a África como um continente onde os seus habitantes procuram fugir. Não é assim!”. “Vejam por exemplo Angola, que nos últimos anos está a pensar criar um fundo soberano que será superior aos nossos investimentos, porque com as suas riquezas cresce de modo extraordinário”.

Na mesma senda referiu-se à Líbia, onde a companhia petrolífera italiana ENI teria uma facturação de três biliões de euros por ano, se tivesse estabilidade política.

Referindo-se à Nigéria, Matteo Renzi manifestou a sua indignação pelo rapto de crianças por grupos islâmicos extremistas.

O “Anno Uno”, que vai ao ar todas as quintas-feiras à noite, é um programa de actualidade política, económica e social de grande audiência na Itália, sendo que este último foi visto por cerca de 2,2 milhões de telespectadores.

About Patriota

Patriota, que aborda a política angolana, com isenção, imparcialidade e rigor analítico.

2 responses »

  1. Um fundo soberano para enriquecer ilicitamente a família presidencial e estimular a corrupção , um fundo soberano angolano quando no pais a soberania reside na família do presidente da republica e nos estrangeiros ?.. Poupem nos por favor

  2. Joshua Quiteculo diz:

    O “Ditos do Baú” assume que é um instrumento nas mãos do regime angolano. Por isso temos orgulho nos fretes que fazemos ao Governo o que, aliás, corresponde ao que diz o escolhido de Deus, o nosso querido Presidente José Eduardo dos Santos, que Angola é o MPLA e o MPLA é Angola. E é por isso que, agora e sempre, nós aqui no “Ditos do Baú” ajudamos a varrer do nosso país todos os que não veneram o nosso querido líder. Para esse feito usamos tudo quanto for necessário, até mesmo fuzilar quem não estiver de acordo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s