Por: Alfredo Buíla

Jornalista Reginaldo Silva

Jornalista Reginaldo Silva

Nada mais normal, o que vos vamos contar. Noutras épocas, mais concretamente na das candambalas, o jornalista Reginaldo Silva, teria sido enforcado pelo velho Jonas. Ainda bem que pelo cunho dos heróis da pátria, a pena de morte foi abolida há muito e a nossa CRA é pela vida, uma orientação que define a política social do Executivo. Cada vez que emergimos nos bastidores da política, mais nos consciencializamos que nenhum homem justo existe no seio da política e por extensão no activismo.

Jornalista Reginaldo Silva é um novo “Mfuca Muzemba”, porque é vendível, corrupto e manipulador. É adulto, porque diferente do antigo líder da JURA, este ganha prémios. Pois, O Prémio Maboque de 2013, no qual o também activista, venceu a categoria Opinião, foi viciada.

O enredo, começou entre o jornalista e o político Justino Pinto de Andrade, que lhe tentava convencer a entrar no xadrez do Bloco Democrático. Este partido, tem tentado aglomerar no seu seio os principais “opinion makers” da nossa praça, esquecendo-se das massas que garantem as vitórias nos processos eleitorais de democracias constitucionais ou liberais, como é o nosso caso.

Justino Pinto de Andrade, é nada mais, nada menos que o Presidente do Júri do Prémio Maboque. O curioso é que sua preferência e imutabilidade do nome de Reginaldo Silva, começou a soar estranho, numa altura em que este estava sendo “namorado” a aderir politicamente ao BD. Nossas fontes junto do Prémio Maboque, afirmaram que o político, terá falado com o seu delfim, um dia antes do anúncio dos vencedores.

Também não conseguimos entender, as razões que levaram Reginaldo a agradecer em carta e pessoalmente, o presidente do Júri, como se de um favor se tratasse; na verdade é o que de mais provável deve ter acontecido.

Essa matéria serve para alertar ao senhor Armindo César, presidente do Grupo Maboque, para que possa aferir sobre a relação perniciosa entre Justino Pinto de Andrade e Reginaldo Silva.

Notícia em actualização.

About Patriota

Patriota, que aborda a política angolana, com isenção, imparcialidade e rigor analítico.

2 responses »

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s