Por: Alfredo Buíla

À esquerda: José Pedro Cachiungo. À direita: Mihaella Webba

À esquerda: José Pedro Cachiungo.
À direita: Mihaella Webba

A UNITA, aquando das eleições de 2012, quase que se insurgia contra as instituições do Estado, declarando mesmo a CNE sua “inimiga” e instituição que não oferecia condições de imparcialidade. Foi assim que esse partido decidiu levar a cabo uma contagem paralela dos votos, convista a apurar a veracidade dos resultados tornados públicos pela CNE.

Eu próprio, achei na altura uma boa idéia, muita publicidade se fez em função disso, incentivei que os resultados dessa suposta contagem paralela fosse tornado público. Só hoje pude perceber as razões que levaram a UNITA a não publicar as conclusões de tal exercício, e vou contar- vos duas, essencialmente:

– Falta de técnicos capazes que entendessem o processo, o que levou a erros sucessivos na contagem dos votos, porém, em nenhum dos resultados a UNITA conseguiu sequer um terço dos votos na globalidade.

– Depois de proceder à contagem, Isaías Samakuva foi informado e aconselhado a não publicar os resultados sob pena de ser severamente criticado e descredibilizado em função dos resultados péssimos da sua própria contagem. “O melhor é continuar a alegar a fraude” – disseram os conselheiros, de onde se destaca a jovem Mihaela Webba, que me chegou a confidenciar que a UNITA se sente pouco confortável com a ascensão da CASA-CE.

Dito, isto, pude comprovar, que se o principal visado e agitador, depois de ter feito suas análises e “sindicância eleitoral” nada provou, dizia, podemos estar certos, aliás, como de resto já prevíamos que a vitória do MPLA foi legítima, e tudo o resto não passa de argumentum ad nauseam.

O senhor Pedro Cachiungo, levou seu partido a um esforço inútil e desnecessário. O que eu acho é que a UNITA se é pela verdade deveria assumir publicamente o seu fracasso informando aos angolanos, que depois da recontagem nenhuma hipótese tinha sequer de atingir um terço dos votos.

Desafio os dirigentes da UNITA a publicarem aqueles vergonhosos resultados.

About Patriota

Patriota, que aborda a política angolana, com isenção, imparcialidade e rigor analítico.

One response »

  1. Esta notícia prescreveu , tarde e má hora

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s