À esquerda: Isaías Samakuva À direita: Abel Chivukuvuku

À esquerda: Isaías Samakuva
À direita: Abel Chivukuvuku

Nos últimos tempos e com a aproximação das eleições autárquicas, vem surgindo nos bastidores da política interna um debate sobre quem irá liderar a oposição numa possível coligação de esforços tendentes a fazer face ao poderio do MPLA, partido no poder, cuja hegemonia é nesse momento indiscutível.

No último encontro da oposição ocorrido num dos hotéis de Luanda, Abel Chivukuvuku não se fez presente, deixando Samakuva isolado. Os especialistas na matéria, dizem que Abel Chivukuvuku, teme que a UNITA lhe roube protagonismo,  e que o líder da CASA-CE anseia por se tornar na segunda maior força política do país, a seguir ao MPLA e depois conquistar o poder, intentos que podem ser adiados se, se juntasse ao galo negro.

O principal mentor da desconfiança de Abel é o Almirante Miau, que segundo consta, tem um perfeito conhecimento sobre a UNITA devido aos dossiers que estudou e conhece na época em que esteve nas FAA e tem aconselhado prudência ao líder da CASA-CE. Nos próximos tempos, dificilmente veremos Isaías Samakuva e Abel Chivukuvuku a concertarem ideias de frente comuns. Uma outra questão que tem sido avançada como estando na base do distanciamento entre os dois líderes da oposição, é o facto de ainda não estarem saradas as feridas causadas pela vergonhosa saída de Abel Chivukuvuku  da UNITA num processo tido como injusto por muitos correligionários deste político.

Parece, e é quase consensual entre os políticos, que se afigura difícil uma verdadeira “frente comum” entre Samakuva e Abel, e entre estes e a restante oposição. A liderança da oposição, ou pelo menos o protagonismo necessário será dado a quem fôr mais astuto e melhor trabalhar. Vamos acompanhar o desenrolar desse episódio.

Redacção: Ditos do Baú

About Patriota

Patriota, que aborda a política angolana, com isenção, imparcialidade e rigor analítico.

One response »

  1. Joshua Quiteculo diz:

    O “Ditos do Baú” assume que é um instrumento nas mãos do regime angolano. Por isso temos orgulho nos fretes que fazemos ao Governo o que, aliás, corresponde ao que diz o escolhido de Deus, o nosso querido Presidente José Eduardo dos Santos, que Angola é o MPLA e o MPLA é Angola. E é por isso que, agora e sempre, nós aqui no “Ditos do Baú” ajudamos a varrer do nosso país todos os que não veneram o nosso querido líder. Para esse feito usamos tudo quanto for necessário, até mesmo fuzilar quem não estiver de acordo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s