Fonte: O Continente

ImagemUma fonte familiar ao político, em conversa informal com o jornal “O Continente” disse que a decisão do líder do Parlamento, surgiu na sequência da retomada de assento no Parlamento, desta vez enquanto líder da CASA-CE em consequência dos resultados eleitorais de 2012, onde a referida Coligação elegeu oito deputados dos quais Chivukuvuku é o cabeça de lista.

Porém, contam-se em círculos políticos que Chivukuvuku queria usufruir do salário de deputados mesmo tendo renunciado ao seu lugar, o que seria auferir um salário sem prestar serviços ao país naquela instituição soberana.

A questão do subsídio vitalício parece que é uma questão que será revista pelo Presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos. O líder da CASA-CE diz-se preocupado por não estar a receber seus subsídios. Círculos próximos pensam que o político sente-se arrependido por ter renunciado às regalias de deputado.

É caso para dizer “dinheiro, dinheiro…política à parte”.

About Patriota

Patriota, que aborda a política angolana, com isenção, imparcialidade e rigor analítico.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s