General Numa, é o próximo alvo.

 

ImagemTerminou há minutos a Conferência de Imprensa concedida pelo líder da JURA, que visou abordar questões atinentes à sua suspensão de toda a actividade política.

A UNITA, está a ser bastante criticada por ter lavado e arquitectado uma cabala contra Mfuca Muzemba. Mfuca Muzemba, ficará afastado durante dois anos, ou seja, fica fora do Congresso da JURA e do Congresso do Partido. Eis a armadilha. Aliás, a deputada Clarice Kaputu, já havia dito em público que o processo contra Mfuca era injusto e estava viciado. Então porque razão Samakuva continuou?

Se recordarmos, Abel Chivukuvuku, foi afastado temporáriamente, mas também ficaria de fora de Congressos onde poderia concorrer contra Samakuva.

Mfuca fica de fora num Congresso onde poderia competir com o escolhido de Samakuva, Rafael Massanga. Será essa uma forma programada para afastar os opositores internos de Isaías Samakuva? Na Conferência de Imprensa, Mfuca, revelou alguns dados intrigantes, nomeadamente, o facto de não ter tido acesso às actas, receber acusações de hora em hora, julgado num processo que não leu, nem sabia do que se tratava, não foi notificado pessoalmente sobre a decisão de suspensão e “mais grave ainda é o facto da Comissão de inquérito não ter competência para propor sanções”.

O analista político e jornalista Celso Malavoleneke na sua página do facebook, considerou a UNITA “pior inimiga de si própria”: “Há vezes que detestamos ter razão. Uma destas vezes é agora que a UNITA prova que é a pior inimiga de si própria. A gestão do caso Mfuca Muzemba, não podia ser mais desastrada. Como poderá ele ser Deputado da UNITA se está proibido por 2 anos de representar este partido? Que relações de trabalho haverá se o seu chefe directo, Raúl Danda confirmou públicamente as acusações? Ou querem que o jovem ponha o seu lugar à disposição (se calhar era isso mesmo que queriam)? E como fica a relação com a juventude urbana e bakongo? Que sarrabulhada.” – disse.

Um potencial opositor à liderança de Samakuva, que nos meses que antecedem o Congresso da UNITA será afastado ou suspenso, de acordo com fontes internas do partido, é o General Numa.

About Patriota

Patriota, que aborda a política angolana, com isenção, imparcialidade e rigor analítico.

4 responses »

  1. Isso sim eu chamaria até de tribalismo no seio da UNITA que não querem os BAKONGOS no seio da UNITA

  2. A especulada conferencia de Nfuka pariu um rato candondo: Raul é Bakongo ; o Nfuka pirou de vez ao afirmar que a sanção é antidemocrática , sinceramente uma punição só deve ser justa ou injusta e não democrática , ..

  3. Joshua Quiteculo diz:

    Bem diz o escolhido de Deus, o nosso querido Presidente José Eduardo dos Santos, que Angola é o MPLA e o MPLA é Angola. E é por isso que, agora e sempre, nós aqui no “Ditos do Baú” ajudamos a varrer do nosso país todos os que não veneram o nosso querido líder.

  4. firmino domingos diz:

    Nao tem nada haver com tribalismo quem comete um crime deve ser responsabilizado pelo mesmo crime

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s